Tanques, ralos, esgotos, pias, colunas de prédios, vasos, limpeza de caixa d’água e caixa de gordura.

Registro

O que causa o entupimento?

A ocorrência do entupimento se dá pela interrupção da vazão natural do esgoto, ocasionada por um amontoamento de detritos nos canos. Isso pode causar refluxo, fazendo com que o acúmulo volte para pias, ralos e vasos sanitários. É muito desagradável ver toda sujeira voltando e inundando seu apartamento. Além desse transtorno, o entupimento da canalização do edifício pode acarretar em danos estruturais mais graves como a obstrução total e o rompimento de canos e juntas, principalmente quando estão velhos e enferrujados. Por isso, é necessário estar sempre com o sistema hidráulico em ordem.

Quais são os sintomas do entupimento de canos?

A água da pia e dos ralos descendo lentamente, não permitindo a vazão natural do esgoto é o primeiro sinal de que o encanamento está entupido. Repare sempre no fluxo de água das torneiras e a vazão nos ralos. Estar atento é a melhor prevenção, pois é mais barato reparar quando o problema está no início, do que esperar acontecer um transbordamento total. É mais fácil encontrar entupimentos nos ralos do lavatório, na pia da cozinha, no tanque e no vaso sanitário.

Prevenção e manutenção

Para evitar os incômodos do entupimento, é bom manter uma manutenção periódica semestral, lavando toda a tubulação com hidrojateamento. As principais causas dos entupimentos são os fungos, crosta de gordura impregnada na parede interna dos canos, fios de cabelo no ralo do lavatório, objetos de pequeno porte atirados no vaso sanitário e restos de materiais de reformas. Durante a manutenção do sistema hidráulico, os procedimentos devem ser seguidos corretamente.

Precaução

  • Colocar ralo nas pias da cozinha;
  • Não limpar os pratos na pia;
  • Jogar gordura no lixo;
  • Não jogar detritos como papel higiênico, preservativos e absorventes no vaso sanitário;
  • Fazer manutenção semestral;
  • Não limpar escovas de cabelo na pia ou no chuveiro;
  • Não abrir em demasia as torneiras. Essa precaução tem por fim fazer soltar o ar da tubulação e evitar que sujeiras ou a própria pressão possam prejudicar as válvulas, principalmente a dos aparelhos sanitários;
  • Retirar fios de cabelo do ralo do lavatório, evitando que os mesmos atinjam a tubulação;
  • Nunca jogue no tanque, ou mesmo na pia, restos de materiais de reformas. Entre eles, areia e tinta.

Fonte: Sindinews